Dormir pouco é prejudicial para pele

O sono é reparador, pois é enquanto dormimos que as células se renovam para nos oferecer uma pele mais saudável. Dormir bem é essencial para produção de hormônios que funcionam como uma defesa antioxidante natural contra os radicais livres, que causam o envelhecimento. A privação de sono, além dos prejuízos cognitivos, baixa da imunidade e do aumento do risco cardiovascular, também é prejudicial para a saúde da pele.

A falta de descanso deixa a pele suscetível ao aparecimento precoce de linhas, rugas, manchas e flacidez. Quem sofre de insônia ou dorme poucas horas fica com a pele sem brilho. Poucas horas de sono faz com que o organismo libere adrenalina, causando um fechamento dos vasos sanguíneos. Desse modo, a pele fica com aspecto opaco, sem viço e também estimula o aparecimento das indesejadas olheiras.

Contudo, o número ideal de horas dormidas varia de acordo com cada indivíduo. Por isso, é importante respeitar os limites do corpo. Para evitar o envelhecimento, é importante lembrar-se de hidratar a pele diariamente e fazer uso do filtro solar, inclusive em dias nublados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.